LEGO Star Wars

PS2
Data de lançamento: 27 Abril 2005
Editor: Eidos

Descrição geral

A Traveller's Tales reconstrói o Star Wars Episodes I, II e III com um espectacular efeito, usando apenas blocos de construção de cores brilhantes.

A união da Guerra das Estrelas com a marca LEGO já provou ser um casamento feliz no mundo real - a Star Wars LEGO tornou-se na linha de fabrico da companhia dinamarquesa de brinquedos que mais sucesso teve desde há anos. Felizmente, parece que irá ser uma parelha igualmente bem sucedida na PlayStation 2, com a Traveller's Tales a reconstruir personagens, cenários e cenas da trilogia, ao estilo da LEGO.

Sendo uma acção de aventura na terceira pessoa com uma mecânica de jogo em cooperação verdadeiramente engenhosa, o LEGO Star Wars permite-te controlar uma variedade de personagens do universo da Guerra das Estrelas, usando as suas capacidades únicas para resolver enigmas, vencer obstáculos e progredir assim. Há entre duas a seis personagens jogáveis em ecrã ao mesmo tempo - simplesmente aproxima-te da personagem que queres controlar a seguir e entra a bordo. Muito convenientemente, um segundo jogador pode entrar ou sair do jogo em qualquer altura de forma que não terás que abandonar o modo para um só jogador se quiseres iniciar a acção multi-jogador em cooperação.

Vive cenas memoráveis dos Episodes I, II e III como nunca fizeste antes; abre caminho através de legiões de dróides combatentes com o teu fiel sabre luminoso da LEGO e usa a Força para construir, mover, manipular e transformar objectos LEGO no mundo do jogo.

 

  • Baseado nos filmes Ameaça Fantasma, o Ataque dos Clones e na próxima aparição do Episode III: Revenge of the Sith


  • Controla uma variedade de personagens da Guerra das Estrelas, tanto do lado da luz como do lado negro


  • Mecânica de jogo única em cooperação para um ou dois jogadores


 

Antevisão

Testemunha o poder da sequela LEGO em pleno funcionamento

LEGO Star Wars II: The Original Trilogy entra em órbita para trazer-nos a sua versão da primeira trilogia da Guerra das Estrelas (Uma Nova Esperança, Império e Jedi) ao "pedaço de sucata mais rápido do universo" - a PlayStation 2

Não acredito que já passou mais de ano e meio desde que fomos surpreendidos pelo primeiro jogo LEGO Star Wars... Inspirado nos filmes de prequela recentemente lançados, o jogo fundia o soberbo material de ficção científica do grande ecrã com os visuais engraçados da LEGO e jogabilidade simples mas cativante: não admira que tenha chegada aos primeiros lugares de vendas. Ora, para nosso contentamento, a LucasArts mergulha ainda mais nas profundezas do panteão da Guerra das Estrela e recria as aventuras de Luke, Leia, Han, Chewie e de um par de dróides desajeitados com um toque LEGO.

Desde as cenas de abertura, em que uma pequena nave rebelde é perseguida pelo gigantesco Star Destroyer do Império (ambas as naves estão construídas com peças LEGO, obviamente) ao som da banda sonora criada por John Williams, tens a certeza de que LEGO Star Wars II será fonte de horas de verdadeiro deleite. As cenas da trilogia original adquiriram uma dimensão tão simbólica e estão tão enraizadas na nossa mente que a abordagem LEGO provoca necessariamente um sorriso que apenas desaparece do teu rosto durante a festa Ewok no último nível.

Usa os teus sentimentos

À semelhança do que ocorria no primeiro jogo, a acção é de "pegar e jogar": assumes o controlo de uma das várias personagens principais (por exemplo, o C-3PO, o Lando ou o Obi-Wan) e lanças-te à aventura numa das cenas dos filmes. Com a ajuda de uma personagem secundária controlada por um dos teus amigos ou pela IA, a tua missão consiste em lutar, percorrer as plataformas e resolver os quebra-cabeças enquadrados em cenas conhecidas de todos, incluindo o tiroteio na prisão da Estrela da Morte, o treino de Luke com Yoda em Dagobah e a batalha com Ranco sob o palácio de Jabba.

Ora, poderás enfrentar o perigo na pele das várias personagens, já que podes alternar entre elas como se fosses um vilão saído da série "Ficheiros Secretos". Além de te permitir empunhar uma arma como o Han, brandir o sabre de luz na pele do Obi-Wan ou desfazer-te dos Stormtroopers encarnando o Chewbacca, a troca de corpos tem também uma razão de ser relacionada com a jogabilidade. Algumas tarefas apenas podem ser efectuadas por determinadas personagens: por exemplo, a abertura de portas (assinalada por uma imagem do respectivo "portador da chave" junto aos controlos da porta), o acesso a níveis mais elevados por heróis que disponham de armas de fogo e a movimentação e recolha de blocos pelos Jedi, recorrendo ao poder da Força. A novidade em relação ao último jogo consiste no facto de quase todos os heróis poderem elaborar construções LEGO fisicamente (identificadas por conjuntos de blocos LEGO aos saltos), tais como pontes, painéis de portas e até veículos gigantes como os AT-ST.

Não estás a fugir à polícia, miúdo!

Nesta entrega, os veículos desempenham um papel mais importante: permitem-te percorrer Mos Eisley num Lanspeeder, voar para interior de uma lesma espacial a bordo do Millennium Falcon e atravessar as florestas de Endor numa Speeder Bike. A acção nos veículos está dividida entre a saída e entrada em veículos para cumprires a missão e chegares à meta (ao estilo do GTA), por exemplos nos níveis com o Landspeeder ou outros veículos. Ao contrário do que sucedia no jogo anterior em que os níveis sobre rodas eram uma excepção à regra, neste título representam uma nova camada de qualidade num jogo extremamente bem trabalhado.

Apesar da diversão proporcionada pela jogabilidade de veículos e a pé, o verdadeiro prazer de LEGO Star Wars II decorre do humor cortante e eficaz presente em cada segundo do jogo. As cenas originais recebem um tratamento LEGO hilariante: Vader rebola pelo habitáculo do seu bombardeiro TIE qual peça de roupa na máquina de secar, a mão robótica do Luke liberta-se do braço e espalha o caos na cena final do Império e Lando inclina o banco do piloto do Falcon para uma posição bem mais descontraída.

Mas os desvarios não se limitam às cenas cortadas: o Han pode utilizar um chapéu do Indiana Jones e podes recorrer à Força para virares os capacetes do Stormtroopers ao contrário; podes ainda passear sob a superfície dos pântanos de Dagobah na pele do R2-D2. Estes pequenos toques, em conjunto com a qualidade de jogo descrita acima, demonstram até que ponto este jogo foi um trabalho de amor para a LucasArts - vais certamente adorar cada segundo da tua estadia nesta galáxia LEGO muito, muito distante.