Mace Griffin Bounty Hunter

PS2
Data de lançamento: 24 Setembro 2003
Programador: Warthog
Editor: Vivendi Universal Games

Descrição geral

O ex-oficial de operações especiais Mace Griffin avança para o singular jogo de tiros na primeira pessoa da Warthog que combina harmoniosamente a acção intensa no gatilho com o combate em voo espacial

Numa louca reviravolta moderna ao clássico género Spaghetti do oeste, Mace Griffin Bounty Hunter leva toda a acção armada para o espaço e caminha displicentemente nas esporas do forte e silencioso anti-herói infernalmente virado para a obtenção de justiça.

Depois de ter sido falsamente acusado da morte dos seus companheiros do espaço e erradamente feito prisioneiro durante dez anos, Griffin sai da prisão de alta segurança sentindo-se, compreensivelmente, um pouco ofendido. O solitário polícia espacial decide que o único modo de limpar o seu nome e soltar a sua fúria é entrar no negócio da caça às recompensas e localizar as pessoas responsáveis por tê-lo posto atrás das grades. É aqui que tu entras, tomando o papel de Griffin, percorrendo o universo em busca dos mauzões e apresentando-te com o aspecto geral de um verdadeiro ás, mau e temperamental!

A acção é largamente baseada em missões e, assim, serás encarregado de completar uma variedade de tarefas que requerem uma combinação de camuflagem, habilidade e grandes armas. Há dez armas diferentes com que te deverás familiarizar, e nas tuas viagens irás dar contigo a manusear alguma artilharia espectacularmente pesada. Por entre as ofertas balísticas postas à disposição, está a arma fiel de Mace que acharás muito útil para encontros próximos, e uma espingarda de assalto que também pode ser um lança-granadas - sempre muito útil.

As missões têm por base tanto a terra como o espaço e, assim, terás que usar toda a tua habilidade de tiro na primeira pessoa ao perseguires inimigos em terra firme e as tuas superiores habilidades de voo quando a acção se torna intergaláctica. Por falar nisso, existe a possibilidade de pilotar seis naves diferentes ao longo do caminho, podendo voar com tudo desde caças extraterrestres a enormes transportadores.

Apresentando uma acção sólida de tiros sem confusões, harmoniosamente combinada com manobras em voo, o Mace Griffin consegue fundir dois grandes estilos de um modo inteiramente convincente e eficiente. Ah... e a juntar à autenticidade geral das acções estão ainda os tons graves do deus do rock Henry Rollins que deu a sua voz ao próprio Mace. Viva!

 

  • Pilota cinco naves espaciais diferentes, desde caças extraterrestres até enormes naves de transporte


  • Uma transição suave do jogo de tiros na primeira pessoa para a acção de tiros em voo


  • Domina os adversários com mais de dez armas diferentes, incluindo um lança-mísseis


  • Com a voz talentosa do cantor dos Black Flag, Henry Rollins


 


Partilhar

Google+